quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Não gostaram

O esquerdopata que edita O Muro das Lamentações  fez-me esta acusação:

E depois há os que dizem que tudo melhorou, mas pode piorar. Até o Ramiro Marques ressuscitou (lembram-se, aquele gajo muito lutador que apagou tudo o que tinha escrito anos a fio quando lhe deram umas migalhas na 5 de Outubro para implementar a porcaria do vocacional?). A vergonha escasseia.
Foi assim que eu respondi: 

Parece que este texto incomodou a turba social comunista:
Quanto à aceitação do tacho sobre ensino vocacional, de que me acusa o esquerdopata que edita o muro das lamentações, eu só pude aceitá-lo porque fui bem pago. É esse o raciocínio dos esquerdopatas. Para a canalha social comunista e o maoista retardado que edita O Meu Quintal não é possível trabalhar gratuitamente, que foi exatamente o que eu fiz com o Nuno Crato e também o que eu fiz com outros ministros da educação do passado. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agora que decidiu juntar-se a este grupo de conversação e debate sobre educação realista, resta-me agradecer a sua colaboração. Aqui dá-se luta ao social comunismo.